Sábado, 02 de Agosto de 2014
   
Fonte

Todos nós já ouvimos falar que o mês de agosto é chamado de “Mês do Cachorro Louco”, mas muitos não sabem o motivo para denominar o mês que está por vir.

Pesquisas afirmam que no mês de agosto a concentração de cadelas no cio aumenta bastante devido às condições climáticas. E quando as cadelas estão no período fértil, os cachorros ficam loucos e brigam para conquistar a fêmea. Essa luta feroz entre os machos em busca da fêmea faz com que a raiva, doença transmitida pela saliva do animal, se espalhe mais. Os animais que estão infectados pela raiva babam muito e ficam com aparência de “loucos”, daí a expressão “Cachorro Louco”.

No mês de agosto do ano passado, em uma das reuniões ordinárias do Conselho Municipal de Saúde da cidade de Santa Isabel, com a ausência da campanha anti-rábica a população questionou qual seria a data da ação, já que é indispensável para a saúde da cidade. E na reunião foi confirmado o calendário de vacinação anti-rábica para o mês de outubro.


No encerramento do mês de julho, a Secretaria de Assistência e Promoção Social de Santa Isabel divulgou que recebeu cinco novos carros - 0 km - que auxiliará no atendimento dos munícipes com mais agilidade.

A Secretaria Municipal de Assistência e Promoção Social adquiriu dois carros tipo gol, duas vans e mais um carro da marca Up. O setor agora ficará com um total de sete veículos, três dos veículos antigos seguirão para atender outras secretarias municipais.

As vans serão utilizadas em diferentes atendimentos, onde uma visa atender os bairros distantes e de difícil acesso, levando o serviço de Atendimento Volante, o que beneficia os munícipes mais vulneráveis.  A segunda van ficará responsável em atender as crianças e adolescentes da Casa de Acolhimento Municipal, que conta com as atividades externas, do setor.

Já o carro tipo gol, será utilizado para o atendimento em bairros, levando serviço social e ocorrências que necessitam da equipe. O veículo “Up” ficará a disposição no atendimento e nas ocorrências do Conselho Tutelar do município de Santa Isabel.


O Fundo Social de Solidariedade de Arujá encerrou a Campanha do Agasalho 2014 com a distribuição de peças de roupa e cobertores nos bairros do Retiro, Jardim Emília e Recanto Primavera. Em toda a cidade, cerca de 500 famílias foram alcançadas.

A Campanha do Agasalho começou em 7 de abril, quando os postos de coleta foram instalados em 50 pontos da cidade. Também receberam as peças famílias do Mirante, Jardim Real, Pedreira, Parque Rodrigo Barreto e Copaco, entre outros bairros.

“Agradecemos a todos os que participaram deste ato solidário. É gratificante encerrar mais uma campanha com a sensação de que objetivo foi alcançado, graças à grande colaboração da população em geral, que doou, e da ajuda de associações (Aconda, Unicon, etc), instituições, clubes de serviços e escolas, que abriram postos de arrecadação”, afirma a presidente do Fundo Social, Flora Regina Franco Larini.


Já estão em andamento, no bairro do Limoeiro, as obras do coletor tronco Caputera. O dispositivo, segundo a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), deve ser concluído em dezembro de 2015 e irá beneficiar ao menos treze bairros de Arujá, permitindo que a cidade alcance 100% de coleta de esgoto em áreas regulares e continue a tratar 100% do que é coletado.

Durante vistoria às obras executadas pelo consórcio Tejofran/ FR Augusto Velloso, nesta quinta-feira (24/07), o gerente regional da Sabesp no Alto Tietê, Roberto Fumio, explicou que depois de instaladas as redes de esgoto, o coletor irá atender ao Jardim Real, Jardim Via Dutra, Limoeiro, Vila Pedroso, Parque Nossa Senhora do Carmo, Jardim Fazenda Rincão, Condomínios I, IV e V, Verdes Lagos, Real Park, SunVille e Country Club.


A chegada do inverno costuma dar calafrios em pais de crianças pequenas. É que esse período de baixas temperaturas coincide com o de tempo seco, o que favorece o aparecimento de doenças respiratórias.

Isso acontece, segundos otorrinolaringologistas, por que a baixa umidade do ar dificulta a dispersão de poluentes. “Esses poluentes, na forma de diversos tipos de partículas, ácaros, e até mesmo o enxofre que sai do escapamento de veículos, poeira e fumaça com resíduos materiais queimados, ao ficarem em suspensão no ar, acabam sendo inalados, favorecendo a ocorrência de problemas respiratórios e infecções.”

Os especialistas dizem ainda que “nosso sistema imunológico precisa de água para o correto funcionamento”. “O tempo seco favorece a queda da resistência corpuscular, principalmente das crianças e idosos frente aos vírus e bactérias.”


O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que vai instalar na Rodovia Mogi-Dutra, na altura de Mogi das Cruzes, cerca de cinco radares de fiscalização de velocidade. O objetivo é reduzir os casos de acidentes na estrada, já que os redutores ficarão em pontos, onde há ocorrência de excesso de velocidade. Os equipamentos já começaram a ser instalados. Porém, segundo o DER, os aparelhos ainda estão desligados e só devem funcionar no fim de agosto.

Além dos radares, novas sinalizações e painéis estão em fase de instalação. Na Rodovia Mogi-Dutra, várias placas informam que há fiscalização por radar e o limite de velocidade, que na via é de 80 quilômetros por hora. A auxiliar de enfermagem Michelle Giorgi mora em um condomínio que fica à beira da rodovia. Ela conta que como usa a estrada todo dia, muitas vezes vê acidentes no local. “Uso a estrada porque levo e busco minha filha na escola. Sempre nas curvas a gente vê carros e caminhões capotados, além de muitos motoristas em alta velocidade”, diz. “Acho certo colocar radar para controlar as pessoas, mas acho que deveriam colocar em outros locais, ou seja, nas curvas que não tem muita sinalização”.


Confirmação foi publicada no Diário Oficial do Estado em 15 de Julho de 2014.

Na última semana, a Prefeitura de Santa Isabel recebeu o comunicado do Conselho Estadual do Meio Ambiente, onde informou que o município está apto a exercer as competências administrativas de licenciamento ambiental das atividades e empreendimentos de potencial impacto ambiental local.

Todos os interessados que se enquadrarem na deliberação normativa 0001/2014 e considerados de baixo impacto ou impacto local, podem solicitar o licenciamento diretamente na Prefeitura de Santa Isabel, na Secretaria de Meio Ambiente, após a compatibilização da lei municipal. Mais de 160 atividades industriais e obras públicas poderão ser beneficiadas.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário, já esta finalizando a minuta do Código Municipal de Meio Ambiente e a previsão é de que em aproximado 60 dias, seja inclusa na pauta da Câmara Municipal.


JUVENTUDE PERDIDA: Estamos acompanhando e vendo de perto nossos jovens tomando decisões e seguindo caminhos que vão de encontro a tudo que tínhamos medo há anos atrás. Antes o que era um absurdo, hoje parece ser tão normal que até a própria sociedade já está se acostumando com notícias relacionadas a jovens. Tráfico, roubo, furto, gravidez, desemprego, trapaças e muitas outras coisas, mas só nos espantamos quando os casos acontecem próximo ou dentro de nossas famílias. O pior é quando os pais, que são responsáveis por dar educação ou orientação, “passam a mão nas cabeças” de seus filhos e abre mão da educação, a coisa tende a complicar, pois daí o jovem, a beira da ilegalidade, vê um caminho sem barreiras e impedimentos para cometer infrações cada vez mais graves.

JUVENTUDE PERDIDA 2: Daí irão falar que o estado tem que agir e prevenir  para que os jovens não se tornem criminosos. Mas digo que a responsabilidade de educação é e sempre será dos pais. O estado como um todo dá um suporte para que os muitos jovens aprendam o que é certo e o que é errado, mas a educação em si, tem que partir dos pais. Na ausência da educação de dentro de casa, fica impossível o estado com todas as suas falhas estruturais, conseguir fazer com o jovem, todo processo de educação que deveria estar presente desde os primeiros dias de vida, dentro das casas.


Ocupando a posição 79 do ranking mundial do Índice de Desenvolvimento Humano, o IDH, o Brasil atualmente tem a pior média da América Latina em relação à Educação e expectativa de vida de sua população.  Esta colocação nos mantém o título de “país em desenvolvimento”.

Esta constatação foi resultado de um estudo que calcula o Índice de Desenvolvimento Humano de todos os países com base em indicadores de educação, saúde e renda e foi realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), que divulgou os números na última quinta-feira e prontamente foi contestado pelo governo federal.

Apesar de ter apresentado uma sensível melhora de 2012 pra cá, quando o país subiu uma posição no ranking, esse aumento não foi significativo e ainda nos deixa atrás de países como Sérvia, Jordânia e Azerbaijão.


O sistema de estacionamento rotativo de Santa Isabel, administrado pela Ultra Park Estacionamentos, está passando por uma remodelação e, segundo o secretário de Segurança e Trânsito, Martins de Oliveira, desde que foi criada, em 2009, a lei do estacionamento rotativo da Zona Azul já teve diversas alterações. “Não sei se foi em busca de um aperfeiçoamento da lei, mas houve diversas mudanças nos decretos.” Disse o secretário.

Em seu quarto ano, com um contrato de 10 anos, a empresa Ultra Park continua sendo a responsável pelo estacionamento rotativo da cidade. Segundo o secretário Martins, desde o início de sua gestão a empresa Ultra Park vem pedindo o aumento na tarifa dos cartões, porém a secretaria de trânsito fez uma avaliação regional e notou que o valor cobrado atualmente (R$1,50) está de acordo com o das cidades vizinhas, não necessitando de um aumento. “Após pesquisarmos sobre os valores cobrados em outras cidades vimos que o preço cobrado pela zona azul de Santa Isabel está dentro dos valores regionais, até um pouco acima de muitos lugares.”


Pesquisar no site

Jornal Agora News - Virtual

Banner

Previsão do Tempo

Cambio

Login