Domingo, 04 de Dezembro de 2016
   
Fonte

Na manhã da última segunda-feira (28) mais um grave acidente aconteceu na Rodovia SP-56 – Joaquim Simão. Desta vez um ônibus que transportava os funcionários do Consórcio BPC e que trabalham nas obras da interligação Jaguari Atibainha – da Sabesp – seguia sentido Santa Isabel/Igaratá quando tombou na altura do km 70,5, trecho que faz divisa entre as cidades.

Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Estadual, o motorista perdeu o controle em uma curva acentuada. Algumas pessoas tiveram ferimentos leves e todos os trabalhadores foram socorridos, sendo dois deles, em situação mais delicada, encaminhados para a Santa Casa de Misericórdia de Santa Isabel. Outros feridos foram socorridos em hospitais de Santa Isabel, Igaratá e Jacareí.

As autoridades policiais registraram no Boletim de Ocorrência que foram acionados a estarem no local dos fatos, onde ocorreu um acidente de trânsito envolvendo um ônibus, conduzido pelo motorista A.M.P. de 41 anos, morador de Santa Isabel - que por motivos a serem esclarecidos posteriormente - em uma curva, perdeu o controle da direção e tombou na pista.


Uma postagem na rede social chamou a atenção de nossa reportagem na última semana, já que se tratava de uma mãe afirmando que sua filha havia sido agredida por funcionários da Escola Estadual Professora Laurentina Lorena Corrêa da Silva (BNH) no último dia 24 de novembro.

Entramos em contato com Andressa Daiana, mãe da vítima, que nos recebeu em sua residência uma semana após o ocorrido para detalhar o que aconteceu com sua filha. Segundo Andressa, ela trabalha fora, é mãe solteira de quatro filhos e recebeu um telefonema para estar na escola com urgência. Ao chegar no local, sua filha estava no intervalo e, em uma sala com a professora, funcionários informaram que a aluna havia chamado a professora de louca, a segurando pelo braço para que ela não desligasse um computador.

Diante de tal situação, Andressa afirma que sua filha foi até a sala da diretoria e começou a explicar, contando que a professora grita com todos os alunos o tempo todo e todos a chamam de louca por isso, ainda assim Andressa repreendeu a filha duramente na frente dos funcionários da escola, mas segundo ela, sem agredi-la fisicamente, exigindo que ela fosse embora para que a situação fosse resolvida em casa, já que ambas estariam nervosas.


No mês de julho desse ano, através de contato telefônico, uma família do Parque Rodrigo Barreto entrou em contato com a Concessionária de Energia Elétrica Elektro, que atende a cidade de Arujá, para que a empresa trocasse um poste de madeira.

Segundo os moradores da Rua José Barbosa de Souza (antiga Rua 61), o poste está na iminência de cair, pois sua base se encontra totalmente deteriorada e como está instalada de fronte a residência, pode causar prejuízos caso ocorra o pior.

Para surpresa da família, passados quatro meses do pedido para a retirada do poste de madeira, a Concessionária até o momento não compareceu para executar o serviço, e o pior, dias depois da solicitação enviou através dos Correios um Boleto e uma carta informando que o serviço de remoção do poste custaria R$ 15.160,66. O prazo para o pagamento do Boleto em um banco se esgotava no dia 26 de agosto de 2016.


A última sexta-feira (25) do mês de novembro amanheceu movimentada no Jardim Eldorado, já que por volta das 9h00 viaturas percorriam as ruas, inclusive com o auxílio do helicóptero Águia da Polícia Militar, e preocupou os moradores do bairro que em poucos minutos se espalhou a notícia que uma mulher havia sido estuprada e o autor do crime estaria foragido na mata.

Segundo relatos da vítima, ela estava deitada em sua residência e ouviu seus cachorros latindo sem parar, quando resolveu sair para verificar o que estava acontecendo. Por não ver nada fora do comum, entrou e assim que abriu a porta do banheiro deparou-se com um indivíduo pulando a janela. “Comecei a gritar e entramos em luta corporal, perguntei se ele queria dinheiro, mas ele respondeu que não”, afirmou a vítima.

Ao notar que o indivíduo pretendia a estuprar e poderia esfaqueá-la, já que tinha uma faca em mãos, a vítima entrou em luta corporal para evitar os atos, reparando que o sujeito entrou em desespero ao perceber que os vizinhos escutaram os gritos da vítima, momento em que o homem fugiu, ainda que nu.


Com a remoção das famílias do Beira Rio para os imóveis da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), na Fazenda Albor, as prefeituras de Arujá e Guarulhos estão trabalhando conjuntamente para recuperar a Área de Proteção Permanente (APP) localizada no limite entre as cidades e até então ocupada.

Na última quinta-feira (01), a limpeza efetuada pela Prefeitura de Arujá no local onde parte das casas estava ganhou o reforço de uma escavadeira hidráulica da ProGuaru, empresa ligada à administração municipal guarulhense.

Além de concluir a derrubada dos imóveis, a máquina será utilizada para a limpeza do Córrego dos Cavalos, que tem sofrido nas épocas de chuva e, sem vazão, transbordado e alagado as residências do Beira Rio.


O novo sistema de estacionamento rotativo de Arujá começou a operar em fase de orientação na última quinta-feira (01). Durante todo o dia, quem circulou pelas ruas do centro já pôde ver funcionários da concessionária Merlos Junior distribuindo material informativo, tirando dúvidas de motoristas e comerciantes e instalando placas indicando os horários de funcionamento do serviço.

O valor da hora será de R$ 1,50 e o período de permanência por vaga poderá variar de 30 minutos a duas horas, no máximo, conforme estipulam a Lei Municipal 2.765/2015 e o Decreto 6.463/2015.

FUNCIONAMENTO: O serviço conta com uma equipe de agentes uniformizados que estão nas vias públicas orientando os usuários para o cadastramento e a compra de tickets avulsos para o estacionamento, dispensando assim a necessidade de parquímetros.


Na madrugada da última quinta-feira, 01 de dezembro, um vazamento da rede de abastecimento de água na Rua Maximínio Antônio de Camargo no Bairro Treze de Maio, provocou deslizamento que atingiu duas casas. Segundo informações de um dos moradores, o chão tremeu e pôde-se ouvir um forte barulho. Com o deslizamento, o acesso a casa foi completamente comprometido e a Defesa Civil recomendou que os moradores não entrassem no imóvel por enquanto, mas felizmente a estrutura da casa não foi afetada. Pelo menos três vazamentos de água foram registrados na rua antes do deslizamento, inclusive na última quarta-feira (30) quando uma equipe da Sabesp chegou a fazer manutenção na via.

A Sabesp já providenciou os reparos na rede e na manhã de ontem (02) enviou uma equipe que presta serviços para a empresa. O Jornal Agora News esteve no local e conversamos com um dos encarregados da empresa que presta serviços para a Sabesp. Segundo ele, foi providenciada acomodação para os moradores e o processo de ressarcimento dos danos causados já foi iniciado.


A Prefeitura de Arujá e o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) firmaram termo de limpeza, desassoreamento e regularização de margens do Córrego Caputera na última quinta-feira (01), em reunião do prefeito Abel Larini com o deputado estadual André do Prado, o prefeito eleito da cidade, José Luiz Monteiro, e técnicos do órgão estadual, no Paço Municipal.

Os serviços começam na próxima semana, com a operação de uma escavadeira hidráulica que a Unidade de Serviços e Obras de Osasco (Baos) do DAEE cederá ao município por 90 dias úteis.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras, os trabalhos iniciam após o trecho da Avenida Benedito Manoel dos Santos, onde atualmente é feita a canalização do Caputera pela empresa MWE, e seguem até o limite com Itaquaquecetuba.

Na etapa seguinte, as ações acontecem no Jardim Via Dutra, abrangendo diretamente toda a bacia do Caputera, da nascente do Jardim Real até o limite com Itaquá.


Os agentes do Departamento de Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde de Arujá, em parceria com a Igreja Universal, realizaram uma ação no Parque Rodrigo Barreto em alusão ao Dia Nacional de Combate ao mosquito transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya. A iniciativa resultou na coleta de cerca de uma tonelada de objetos passíveis de acúmulo de água parada, ambiente propício para a proliferação do inseto.

A mobilização reuniu quatro agentes e 40 voluntários da Universal, que vistoriaram 110 casas a fim de localizar e eliminar focos do mosquito. Eles também distribuíram aos moradores dois mil informativos com orientações de como prevenir a formação de criadouros do Aedes e colaram 200 cartazes com mensagens sobre o tema nos comércios do bairro.

“Temos de agradecer o voluntariado da Igreja, o empenho dos agentes e da Secretaria de Serviços. É fundamental a participação de todos porque na medida em que as chuvas aumentam fica maior o risco de proliferação. O combate ao mosquito é um ato de cidadania e depende das ações de cada um”, afirma o secretário municipal de Saúde, Eduardo Ferreira da Silva.


No vestiário, em meio a animados batuques e gritos de guerra, o brilho no olhar dos meninos da Associação Chapecoense de Futebol representava bem o início da realização de um sonho. Aquele time pequeno da cidadezinha do interior de Santa Catarina estava no auge de sua ascensão coroada pela chance de disputar a final do campeonato sulamericano contra um respeitado time colombiano. O uniforme verde traduzia bem a esperança vinda não apenas dos jogadores, mas da comissão técnica, dos empresários apoiadores, de Chapecó e de todos os brasileiros.

Já dentro do avião, dezenas de jornalistas estavam em busca da pauta perfeita, daquelas que a gente tem água na boca para escrever. Já na decolagem, dentro da cabeça de repórteres, locutores e cinegrafistas, o título de campeão já era uma realidade e a reportagem começava a tomar corpo mesmo antes do apito de início do jogo. Aquela seria uma cobertura histórica sobre um clube que saiu da série D para, na elite do futebol, ganhar o mundo na Colômbia e estampar as capas dos jornais latino americanos. Poucas são as profissões que permitem presenciar sonhos sendo realizados e essa cobertura era um presente para todos os que estavam ali.


Pesquisar no site

Jornal Agora News - Virtual

Banner

Previsão do Tempo

Cambio

Login