Domingo, 26 de Outubro de 2014
   
Fonte

Na última semana uma denúncia realizada na Delegacia da cidade de Arujá chamou a atenção da mídia regional. No depoimento, uma mãe prestou queixa sobre um suposto abuso sexual contra sua filha de três anos e ainda levou uma gravação que relata o fato de ter sido coagida por uma Conselheira Tutelar.

Segundo a mãe da vítima, a conselheira esteve em sua casa para falar sobre o caso, pedindo para que a denúncia fosse retirada. Tudo foi gravado pela mãe da criança. No áudio a conselheira alega que “ninguém lembra de nada aos três anos de idade”, portanto bastaria a mãe levar a menina à um acompanhamento psicológico e não tocar mais no assunto do abuso, assim a criança esqueceria o que aconteceu.


Esta semana foi marcada por dois momentos distintos na cidade de Santa Isabel que sofre sua pior crise hídrica de sua história.

Isso porque no último domingo, dia 19, foi constato fissuras no decantador da Estação de Tratamento do Brotas - ETA 2 que provocou uma grande vazão de água que afetou uma área vizinha fazendo com que o solo encharcasse e  consequentemente deslizasse morro abaixo, lembrando e muito o deslizamento ocorrido na ETA 1 em março de 2013. Imediatamente o sistema teve que ser desligado para evitar o agravamento da situação.

Nossa equipe esteve visitando a ETA 2, horas depois do ocorrido encontramos uma equipe da Prefeitura formada por diversos funcionários, secretários, diretores e de um vereador - Zé da Mula - que auxiliou nos trabalhos que fecharam as fissuras do tanque que recebe a água da Represa do Jaguari.


Na última terça-feira (21), a Sra. Jaciara dos Santos Silva, mãe do jovem Luiz Rodrigues da Silva Junior, que com apenas 16 anos teve uma morte trágica, pois foi atropelado na Av. Coronel Bertoldo, em Santa Isabel, por um ônibus particular, quando estava a caminho da escola; realizou mais um protesto em busca de justiça.

Desta vez a mãe contou com os amigos do colégio onde estudava (ETEC) o jovem. Próximo ao local onde aconteceu o acidente que tirou a vida de Luiz Rodrigues da Silva Junior foi fixado - no canteiro central da Avenida - cartazes pedindo justiça e outros descrevendo sobre saudades, lembranças e recordações.

No início deste mês de outubro a mãe do jovem esteve mais uma vez no Fórum da cidade de Santa Isabel, agora munida de um abaixo assinado com mais de mil assinaturas. O propósito das assinaturas é para que a Carteira de Habilitação (CNH) do motorista que provocou a morte de Luiz Rodrigues fosse apreendida pela justiça. Segundo Jaciara o condutor do ônibus está com 76 de idade e continua exercendo a profissão de motorista.


Trinta arujaenses inseridos no Programa Emergencial Auxílio Desemprego, a Frente de Trabalho, receberam na última terça-feira (14) os certificados dos cursos de almoxarife, torneiro mecânico, operador de computador e ajustador mecânico, ministrados pelo Centro de Treinamento Industrial (CTI) do Senai de Arujá, em parceria com a Prefeitura de Arujá.

“As pessoas não valorizam a frente de trabalho, mas eu tenho aprendido muito e o programa está me ajudando bastante. O que acho é que a gente não pode se acomodar e deve correr atrás de melhorias, aproveitando cada oportunidade que aparecer”, afirmou Cláudia Trindade Plácido, ao receber o certificado do curso de almoxarife.

Os cursos oferecidos pelo Senai fazem parte de uma série de capacitações preparadas para os membros do programa que podem significar para eles uma nova porta de entrada no mercado de trabalho.


Três veículos abandonados em vias públicas de Arujá foram removidos ao pátio municipal nesta sexta-feira (24) pelo Departamento Municipal de Trânsito. Os automóveis estavam nos bairros Parque Rodrigo Barreto, Arujamérica e Jardim Rincão.

A medida atende à Lei Municipal 2.663/2014, que permite a retirada dos veículos em situação de abandono há mais de 30 dias em ruas e avenidas da cidade. O objetivo é evitar possíveis invasões, furtos e prejuízos à mobilidade urbana.

Desde 7 de outubro, data de início da fiscalização realizada pelo Departamento de Posturas, vinculado à Secretaria Municipal de Obras, dez notificações foram emitidas com base na Lei 2.663. O prazo para adequação por parte dos proprietários dos veículos é de dez dias.


Os vereadores Van Negavan (PT) e Clebão do Posto (PR) se indignaram com o péssimo estado de conservação da UBS III- Prefeitos José Raymundo Lobo, no bairro do Monte Negro, sendo assim apresentaram um requerimento na sessão desta última terça-feira (21/10), solicitando informações do Executivo para tamanho descaso.

Além do aspecto de deterioração do posto, no documento, os vereadores listam outros problemas que a Unidade enfrenta, como: fios desencapados, maçanetas quebradas, falta de lâmpadas, proliferação de insetos, falta de aparelhos como; balança e otoscópio, e, pastas para prontuários. 

Em tribuna o vereador Van alertou que o local apresenta inúmeras infiltrações e rachaduras nas paredes, e segundo a agente de saúde, parte da sala de coleta é construída de madeira, sendo, portanto imprópria para este serviço. “Na reunião do Conselho de saúde conversei com o Secretário Leonardo Aquino e expliquei a situação da unidade. Questionei a possibilidade de reforma. Ele respondeu no momento a pasta não pode custear tal obra, só a partir do próximo ano”, lamentou.


“A seca é um problema geral, mas o que aumentou a crise de falta de água na cidade foi ineficiência operacional”, declarou Luizão Arquiteto em tribuna, na sessão desta última terça-feira, 21/10, durante o Expediente. Em meio a uma das maiores crises da história da cidade, o Vereador e Presidente da Câmara, Luizão Arquiteto, explanou que se houvesse planejamento da Administração para gerir os problemas vivenciados por grande parte da população, que sofre com a falta de água, a situação não chegaria ao caos.

“Informar as pessoas sobre o que está acontecendo é atitude de extrema importância em situações como esta. Deveria haver uma ouvidoria exclusiva para atender os problemas da água, além de fazer um mapeamento completo, desde a estação até o consumidor final, preparando de forma eficiente os dias de rodízio, desta maneira nenhum bairro seria mais beneficiado que o outro”, declarou.


A crise hídrica já é realidade em Santa Isabel, e tem trazido transtornos e prejuízos para moradores e donos de bares e restaurantes da cidade. Já para outro setor do comércio, de caminhões-pipa e caixas e bombas de água, o problema tem gerado lucro, devido à disparada na procura destes produtos.

Após ficarem mais de 20 dias sem o abastecimento de água, muitos moradores de Santa Isabel recorreram desesperadamente aos serviços de caminhões-pipa para enfrentar períodos com torneira seca e se precaver em caso de mais falhas no fornecimento.

Apesar de ajudar nos negócios, as empresas que trabalham com caminhão-pipa dizem esperar que chova em breve, por ser uma situação muito preocupante.


Em razão às alterações anunciadas pela Secretaria de educação nos Pré-escolas da cidade de Santa Isabel, onde algumas turmas serão extintas e adaptadas, o vereador progressista Odilon Fernandes requereu ao Executivo na sessão desta última terça-feira (21) a cópia da folha de pagamento dos servidores municipais.

Em tribuna Odilon explicou que a intenção não é prejudicar nenhum funcionário, e sim fazer um comparativo dos salários dos servidores, em especial da pasta de Educação. “Sei que existe diferença nos salários dos professores, e quero confirmar isso. Quero analisar as vantagens de alguns, pois não me conformei com a extinção da turma de período integral nos pré-escolas. Não tem cabimento a Prefeitura prejudicar as mães que trabalham fora para beneficiar outros”, explanou.


Aos cinco anos somos crianças e esta é a fase dos sonhos, dos medos, das risadas, das caras meladas, das travessuras e dos aprendizados constantes. Aos cinco anos aprendemos a cada suspiro, a cada piscada, a cada bater de asas da borboleta colorida que é por nós perseguida.

Uma criança de cinco anos não tem medo de tomar chuva. Ao invés de pensar em uma possível gripe, ela se molha apenas pela sensação de limpeza [de corpo e alma] que a água traz. Com cinco anos, ninguém se poupa de mais um pedaço de bolo. Sem pensar nos quilos a mais, gente de cinco anos se lambuza, se farta, se delicia, aproveitando cada grão de chocolate granulado que a vida nos dá.

Aos cinco anos nossa maior razão vem da imaginação, e é assim que vemos princesas e príncipes em rabiscos, animais em nuvens e heróis em personagens. Vemos esperança no dia de amanhã e temos em nós um otimismo desmedido. Está, é única fase na vida de um ser humano, onde é possível voar, ou mesmo, se transformar em monstros, super heróis ou em fadas.


Pesquisar no site

Jornal Agora News - Virtual

Banner

Previsão do Tempo

Cambio

Login